Manifestação interdita trânsito em região dominada pelo grupo de Ecko, miliciano morto neste sábado

·2 minuto de leitura

Após morte de Wellington da Silva Braga, o Ecko, uma manifestação interdita a avenida Cesário de Melo, em Santa Cruz, Zona Oeste do Rio, região dominada pelo grupo miliciano que era chefiado por ele.

Segundo o Centro de Operações, o trânsito tem lentidão no local da interdição, na altura da rua Pistóia. A polícia militar informou que equipes do 27° BPM (Santa Cruz), do 2° Comando de Policiamento de Área (CPA) e das Rondas Especiais e Controle de Multidões (RECOM) reforçam o policiamento em toda a região.

O BRT Informa que a linha LECD 33 (Campo Grande x Santa Cruz) está temporariamente suspensa devido à essa manifestação na Avenida Cesário de Melo.

Wellington da Silva Braga morreu neste sábado, dia 12, após ser baleado em operação da Polícia Civil do Rio. O criminoso, um dos mais procurados do país, foi encontrado numa casa na comunidade das Três Pontes, em Paciência, na Zona Oeste, local considerado seu reduto. Segundo informações da polícia, o miliciano foi baleado durante confronto e chegou a ser levado de helicóptero para o Hospital municipal Miguel Couto, no Leblon, mas não resistiu aos dois ferimentos na região tórax. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, Ecko chegou morto à unidade.

Ecko havia assumido a chefia da milícia após seu irmão, Carlos Alexandre Braga, o Carlinhos Três Pontes, ter sido morto durante uma operação da Polícia Civil em abril de 2017. Desde então, a quadrilha que ele chefiava, o Bonde do Ecko, já invadiu as favelas de Antares e Rola, ambas em Santa Cruz. O grupo de paramilitares, que domina boa parte da Zona Oeste, tem como uma das práticas a extorsão de dinheiro de moradores e comerciantes e a exploração de serviços, como sinal clandestino de internet e TV e controle ilegal da venda de gás e do transporte alternativo de vans.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos