Manifestação de ultranacionalistas em Oslo

Polícia norueguesa deteve 35 pessoas mas ninguém ficou ferido