Manifestações na Índia contra libertação de 11 violadores

Na Índia, centenas de pessoas manifestaram-se, em várias cidades, contra a decisão do governo de libertar 11 homens acusados de violar uma mulher muçulmana, durante os motins religiosos de 2002.

Os homens foram presos em 2008 por crimes de violação, homicídio e reunião ilegal e estavam condenados a prisão perpétua. Entretanto, foram libertados a 15 de agosto, data em que o país assinalou 75 anos de independência.

A vítima disse recentemente que a decisão do governo do estado de Gujarat abala a sua confiança na justiça.