Manifestantes bloqueiam três faixas da rodovia Hélio Smidt, perto do aeroporto de Guarulhos

SÃO PAULO, SP, 01.11.2022 - Manifestação contra o resultado da eleição presidencial na rodovia Hélio Smidt, em Guarulhos, na Grande São Paulo. (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)
SÃO PAULO, SP, 01.11.2022 - Manifestação contra o resultado da eleição presidencial na rodovia Hélio Smidt, em Guarulhos, na Grande São Paulo. (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um grupo de 40 manifestantes bloqueia três faixas da rodovia Hélio Smidt, abaixo da avenida Monteiro Lobato, na manhã desta terça-feira (1º).

Segundo um integrante que não quis se identificar, o objetivo do grupo é permanecer na área por três dias.

Agentes da Polícia Militar e da PRF (Polícia Rodoviária Federal) acompanham o protesto e orientam o trânsito no local, que apresenta congestionamento. Há pelo menos dez viaturas no local.

Por volta das 8h, agentes da Guarda Civil Municipal de Guarulhos se juntaram ao policiamento.

O reforço no patrulhamento fez os manifestantes darem ordens aos colegas para sentarem no chão e começarem a cantar "eu sou brasileiro, com muito orgulho, com muito amor".

VOOS CANCELADOS

A GRU Airport, concessionária do Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, informa que em razão da manifestação na rodovia Hélio Smidt, 25 voos foram cancelados, sendo 12 nesta segunda-feira (31) e 13 nesta terça-feira (1º).

A concessionária orienta os passageiros a verificarem a situação de seus voos com as companhias aéreas.

SPRAY DE PIMENTA

Agentes da PRF (Polícia Rodoviária Federal) retiraram manifestantes que ocupavam três faixas da rodovia Hélio Smidt, em Guarulhos, na manhã desta terça (1º).

Por volta das 8h30, agentes da Guarda Civil Municipal de Guarulhos negociavam a desocupação de uma das faixas com os manifestantes, que estavam na pista no sentido do aeroporto.

Com a recusa, agentes da PRF usaram spray de pimenta para dispersar os 30 manifestantes do local.

Na confusão, protestantes gritavam "a gente é a favor da polícia", e se deslocaram para uma faixa do outro lado da pista, e seguiram caminhando no sentido da rodovia Presidente Dutra, onde agora caminham, em número menor.