Manifestantes de Mianmar penduram roupas femininas para se proteger

·1 minuto de leitura

(Reuters) - Manifestantes em Mianmar começaram a pendurar roupas femininas em varais nas ruas para desacelerar a polícia e os soldados porque a tradição considera que passar por baixo delas dá azar para os homens.

As roupas, conhecidas como longyi, são penduradas em varais. Às vezes, roupas íntimas femininas também são usadas.

“O motivo de pendurarmos os longyis nas ruas é que temos a crença de que, se passarmos por baixo de um longyi, podemos perder a nossa sorte”, afirmou um manifestante de 20 anos que se recusou a ser identificado por medo de represálias.

“A nova geração não acredita mais nisso, mas os soldados ainda acreditam e é a fraqueza deles. Então podemos ganhar mais tempo para correr se eles avançarem contra nós em caso de emergência”.

Vídeos nas redes sociais mostraram a polícia retirando os varais de roupas antes de cruzá-las. Tradicionalmente, andar por baixo de itens usados para cobrir partes privadas das mulheres não é apenas considerado como má sorte, mas também atinge a masculinidade dos homens.

A Reuters não conseguiu entrar em contato com a polícia para comentar.

(Por Jiraporn Kuhakan)