Manifestantes vão às ruas pelo país em atos do 7 de Setembro

BRASILIA, DF,  BRASIL,  06-09-2021, 23h00: Após furarem o bloqueio da Polícia e invadirem a Esplanada dos Ministérios com carros e caminhões, apoiadores do presidente Jair Bolsonaro ficam em frente ao último bloqueio da polícia antes da praça dos Três Poderes. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
BRASILIA, DF, BRASIL, 06-09-2021, 23h00: Após furarem o bloqueio da Polícia e invadirem a Esplanada dos Ministérios com carros e caminhões, apoiadores do presidente Jair Bolsonaro ficam em frente ao último bloqueio da polícia antes da praça dos Três Poderes. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Principal estrela das manifestações de raiz golpista convocadas para 7 de Setembro, o presidente Jair Bolsonaro chega politicamente isolado ao feriado da Independência e precisando projetar força após sucessivas notícias negativas para o governo.

Nesse quadro, os protestos se converteram na oportunidade para Bolsonaro tentar mostrar que ainda consegue mobilizar as ruas. Brasília e São Paulo, palco de atos onde o presidente deve discursar, montaram esquemas especiais de segurança. Na capital federal, porém, bolsonaristas romperam bloqueio da PM e invadiram a Esplanada dos Ministérios na noite desta segunda-feira (6).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos