Manifestantes voltam às ruas para protestar contra Bolsonaro e pedir vacinas

·2 minuto de leitura
Protesto contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no Rio de Janeiro, neste sábado (24)
Protesto contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no Rio de Janeiro, neste sábado (24)
  • "Guru" do presidente Jair Bolsonaro, Olavo de Carvalho, recebeu alta neste domingo (18)

  • O escritor, que mora nos Estados Unidos, desembarcou no Brasil para receber tratamento médico

  • Olavo de Carvalho deu entrada no InCor em 8 de julho com diarreia, anemia e sangramento urinário

Milhares de manifestantes voltaram às ruas na manhã deste sábado (24) para protestar contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e a favor da vacinação em massa contra o coronavírus.

Atos foram registrados em centenas de cidades pelo Brasil e capitais como Rio de Janeiro, Salvador, Recife, Teresina e Maceió. Manifestantes gritaram frases como "Fora, Bolsonaro" e levantaram cartazes pedindo "vacina no braço" e "comida no prato"

Outros opositores levaram dólares falsos, estampados com o rosto do presidente, em referência às denúncias de corrupção na compra de vacinas, investigadas pela CPI da Covid.

Até as 11h30, segundo o jornal O Globo, em pelo menos nove estados houve protestos convocados por movimentos sociais, centrais sindicais e partidos de esquerda como PT, PDT, PSB e PSOL.

No centro do Rio de Janeiro, o ato pediu o impeachment do presidente e fez críticas às suspeitas de corrupção envolvendo militares e integrantes do "Centrão" (bloco de parlamentares aliados do governo) no Ministério da Saúde.

Em Recife, manifestantes protestaram contra a fome e pressionaram o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL) que dê andamento a processo de impeachment de Bolsonaro.

Já em Teresina, estudantes, trabalhadores, centrais sindicais e integrantes de partidos políticos e de movimentos sociais protestaram contra o governo federal, pedindo o impeachment de Bolsonaro mais vacinas e aumento do auxílio emergencial.

A concentração começou por volta de 8h na Praça Rio Branco, no Centro da cidade. Em seguida, às 10h, eles saíram em caminhada pelas ruas do Centro, com cartazes e carros de som.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos