Manuela d'Ávila afirma ameaças e desunião da esquerda a levaram desistir das eleições

Manuela D'Ávila do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) chega para entrevista coletiva em São Paulo, Brasil 7 de agosto de 2018. (Foto: REUTERS/Paulo Whitaker)
Manuela D'Ávila do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) chega para entrevista coletiva em São Paulo, Brasil 7 de agosto de 2018. (Foto: REUTERS/Paulo Whitaker)

A ex-deputada federal Manuela d'Ávila (PC do B) afirmou que não vai disputar as eleições deste ano porque é alvo constante de ameaças e porque a esquerda está desunida no Rio Grande do Sul.

O nome de d’Ávila foi cotado para disputar uma vaga no Senado neste ano. Ela já foi vice de Fernando Haddad (PT) na candidatura à presidência em 2018 e chegou ao segundo turno da eleição para a Prefeitura de Porto Alegre em 2020. De acordo com a comunista, a divisão do campo progressista na eleição do estado é prejudicial e vitimiza os mais vulneráveis.

Manuela estará na abertura do 7º Salão do Livro Político que ocorre nesta segunda-feira (20) em São Paulo. Ela vai participar de uma mesa de debate sobre o resgate da democracia na América Latina, ao lado da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), Guilherme Boulos (PSOL) e outros.

O debate ocorre às 19h, no Tucarena (rua Monte Alegre, 1.024, Perdizes), e será transmitido pelo canal do evento no YouTube. O salão vai até sábado (25).

A ex-deputada relatou à Folha de SP, que há pelo menos sete anos, sofre ameaças e que isso tem impactado o dia-a-dia de sua família. Ela se disse desestimulada a concorrer este ano também porque não há unidade da esquerda no Rio Grande do Sul, onde reside.

Manuela afirma que sofreu a primeira ameaça em 2005, quando foi eleita vereadora em Porto Alegre (RS) e que na ocasião a Câmara de vereadores saiu em sua defesa. Entretanto, segundo ela, hoje os membros da bancada negra da capital gaúcha são atacados diariamente e não há reação por parte do parlamento.

A ex-deputada declarou ainda que irá fazer campanha pela esquerda.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos