Manuela tem 40% dos votos válidos em Porto Alegre e Sebastião Melo, 25%, diz Ibope

Guilherme Caetano
·2 minuto de leitura
Marcelo Camargo / Agência Brasil
Marcelo Camargo / Agência Brasil

SÃO PAULO — Na última pesquisa Ibope divulgada antes da eleição, Manuela D'Ávila (PCdoB) aparece à frente com 40% dos votos válidos. Sebastião Melo (MDB) tem 25%, e o prefeito Nelson Marchezan Júnior (PSDB), 17%.

Atrás vêm Juliana Brizola (PDT), com 7%, Fernanda Melchionna (PSOL) e Valter Nagelstein (PSD), com 3%, e João Derly (Republicanos), com 2%. Gustavo Paim (PP) e Rodrigo Maroni (PROS) possuem 1%.

Julio Flores (PSTU), Luiz Devair Martins Barros (PCO) e Montserrat Martins (PV) não pontuaram. Nessa contagem não estão inclusos indecisos, votos brancos e votos nulos.

Manuela teve um salto de 32% para 40% em relação à última pesquisa. Melo, por sua vez, saltou de 16% para 25% após receber o apoio de José Fortunati, candidato do PTB que renunciou nesta semana. Seu partido, o PTB, anunciou apoio ao MDB de Melo.

A renúncia foi feita dois dias depois de o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RS) indeferir a candidatura do vice da chapa, André Cecchini (Patriota). Por unanimidade, os juízes entenderam que ele realizou a sua filiação partidária após o encerramento do prazo (4 de abril). O Ministério Público Eleitoral pediu impugnação da chapa encabeçada pelo PTB, o que foi aceito pela Justiça.

Considerando votos totais, incluindo indecisos, brancos e nulos, Manuela tem 35%, Melo, 22%, Marchezan, 15%, e Brizola, 6%. Brancos e nulos somam 7%. Indecisos são 5%.

Na simulação de segundo turno entre Manuela e Melo, a candidata do PCdoB aparece com 42% contra 40%. Se a disputa ocorresse entre Manuela e Nelson Marchezan Júnior, ela teria uma margem maior, de 44% contra 33%. Numa eventual disputa entre Melo e Marchezan, o candidato do MDB teria 44% contra 30% do prefeito.

A candidata do PCdoB lidera a taxa de rejeição, com 38%. Marchezan tem 36%, Maroni, 19%, e Nagelstein, 15%. Sebastião Melo é rejeitado por 13%.

Manuela é a principal liderança da esquerda. Ela foi vice na chapa de Fernando Haddad (PT) na eleição presidencial de 2018, vencida por Jair Bolsonaro. No segundo turno, Haddad e Manuela tiveram 43% dos votos em Porto Alegre.

Pela primeira vez, o PT não lançou candidato a prefeito na capital gaúcha. Entre os representantes do centro político, está Melo. Na direita conservadora aparece Marchezan, disputando espaço do bolsonarismo com Paim e Nagelstein.

A margem de erro é de 3 pontos para mais ou para menos, e o nível de confiança é de 95%. Essa é a terceira rodada do Ibope para a eleição em Porto Alegre.

A pesquisa ouviu 805 eleitores entre os dias 12 e 14 de novembro. Ela foi contratada pela RBS TV e registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o protocolo nº RS-02998/2020.