Marília Mendonça planejava dedicar mais tempo em 2022 ao projeto As Patroas, com Maiara e Maraisa: 'Trabalho da nossa vida'

·1 min de leitura

Antes de morrer no trágico acidente de avião que vitimou também outras quatro pessoas, a cantora Marília Mendonça vinha trabalhando em um projeto que considerava omais especial e marcante de sua carreira. As Patroas reunia ela e a dupla Maiara e Maraisa, amigas de longa data. As três acabaram de lançar o álbum "Patroas 35%", em meados de outubro.

Em entrevista coletiva que concedeu antes de uma live do trio, Marília contou que queria se organizar para dedicar mais tempo ao projeto com as amigas ainda este ano e também em 2022.

"Agora é o trabalho da nossa vida. Estamos com tudo em cima. Existem formas e métodos de trabalhar, que as pessoas escolhem. Acho muito legal a live, como se fosse num show, as pessoas vão tirar um tempo das vidas delas para sentir aquela emoção ali com a gente. De uma forma diferente, estamos tendo um contato com o público enquanto a gente grava", disse ela, já empolgada para a turnê.

O último lançamento era parte deste projeto. Em 2020, o trio também lançou músicas no álbum "Patroas". A tendência era que o trabalho juntas ficasse mais intenso. Na ocasião, Marília lembrou no início da carreira com as amigas e dos sonhos que traçaram, no antigo escritório das cantoras.

"Lembro de nós três deitadas ali no chão. A gente pensava que íamos acontecer. E e aí depois a gente vai botar uns boys sem camisa", lembrou, rindo com as amigas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos