Mara Maravilha faz live do hospital e revela ser à favor da posse de armas

A apresentadora Mara Maravilha fez uma live diretamente do hospital na tarde desta segunda-feira (31) e contou aos seus seguidores que tem enfrentado problemas no nervo ciático. "Há algum tempo, sou uma pessoa... tem um nome em inglês chique que não consigo pronunciar que é viciado em trabalho, e eu tenho que fazer fisioterapia, acupuntura...", disse ela, falando da palavra "workaholic".

"Tenho que cuidar do ciático pra voltar pra fazer atividades físicas. Sempre tive uma vida regrada, sem drogas, sem bebida... mas depois da Covid, muitas coisas mudaram no nosso organismo", continuou ela.

Eleitora do presidente Jair Bolsonaro, Mara também falou sobre política, e disse que respeita o resultado das urnas com a vitória do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva na noite de ontem. Ela revelou ainda ser à favor da posse de armas.

"Fiquei meio assim com o resultado das eleições. Como cidadã, vou respeitar o próximo. Não só como cidada, mas como cristã, vamos respeitar o próximo. Torço para que o Brasil fique mais seguro, que a gente possa andar na rua sem medo de morrer. Torço para que as armas fiquem nas mãos das pessoas certas", falou. "Mas sou a favor sim que elas possam fazer uso de armas, mas com cursos e armas registradas. Com tudo o que a lei exige".