Maradona tinha compulsão por sexo e vício por drogas era mais forte que paixão pela bola, diz autor de livro sobre o craque

·1 min de leitura

No primeiro aniversário da morte de Diego Armando Maradona, o livro "A Saúde de Diego, a verdadeira história", analisa toda a trajetória de Maradona, através do ponto de vista médico. O seu autor, Nelson Castro, é um caso raro de jornalista, analista político e médico neurologista.

Márcio Resende, correspondente da RFI em Buenos Aires

Este é o segundo livro de Castro em 2021, depois de outro sucesso: "A Saúde dos Papas", um livro sugerido pelo papa Francisco, a partir de outro livro de Castro, "Enfermos de Poder". Desta vez, Nelson Castro contou com a ajuda de dois jornalistas de investigação, Juan Manuel Lombardero e Pablo Corso, para descobrir que Maradona foi enterrado sem o coração e que uma torcida organizada planejou roubá-lo.

Em entrevista à RFI, Nelson Castro explica como a construção de um grande jogador de futebol aconteceu em paralelo com a autodestruição do homem, viciado em tudo, até em sexo pelo qual tinha compulsão.

O livro está organizado em ordem cronológica e baseia-se em documentação e revelações dos médicos que Maradona teve ao longo da carreira. "Havia um duelo entre o futebol e as drogas dentro de Maradona. O futebol continha os vícios até que o jogador deixou os gramados, permitindo que o vício ganhasse essa partida", explica.

Leia os principais trechos da entrevista:

Como começa a preocupação com a saúde de Maradona?

Já no Argentinos Juniors, seu primeiro clube, qual foi o maior desafio?

Quando aparece a droga na vida de Maradona?

Maradona era viciado em quê?

Como se mede que uma pessoa seja viciada em sexo?


Leia mais

Leia também:
Despedida de Maradona vira campo de batalha com invasão na Casa Rosada
Argentina se une para gritar o "gol do século" de Maradona, 35 anos depois da façanha
Argentinos se manifestam para pedir esclarecimentos sobre morte de Maradona

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos