Marca brasileira causa polêmica ao lançar coleção com símbolo nazista

Reprodução/Twitter

Um dos assuntos mais comentados nas redes sociais na última semana foi o lançamento da nova coleção da marca catarinense Lança Perfume. Batizada de Berlim, a coleção-cápsula é definida como “militarismo com glamour” e algumas peças trazem a Cruz de Ferro, símbolo adotado pelos nazistas.

Leia mais: Loja causa polêmica ao colocar blusa com a frase “macaco mais legal da selva” em criança negra

Além disso, as roupas lembram os uniformes usados pelos soldados nazistas na Segunda Guerra Mundial e isso revoltou os internautas, que logo começaram a criticar a atitude da marca.

“Para eu não passar raiva sozinho: a Lança Perfume acaba de lançar isso aqui, em pleno 2018. Na descrição da peça no site: “militarismo com glamour”. A modelo, branca e loira, como era de se esperar, numa campanha nazista. Desrespeito total”, apontou um usuário do Twitter.

Diante a polêmica, a Lança Perfume emitiu um comunicado onde tenta justificar as referências usadas na coleção. Confira na íntegra:

Reprodução/Twitter

O comunicado piorou ainda mais a situação e muitas pessoas seguiram ofendidas com a marca. “A suástica também não se trata de um símbolo nazista mas foi apropriada para tal. Parem de querer justificar o injustificável”, apontou um usuário. “Não adianta dizer que ‘não significa tal coisa’ quando os nazistas se apropriaram de tal símbolo e a primeira coisa que remete é o nazismo. Vocês não entendem nem de história e nem de comunicação, pelo visto”, disse outro.

Leia mais: Marca causa polêmica com anúncio ofensivo de meias plus-size

A marca removeu algumas peças que traziam a Cruz de Ferro e reintegrou que “enfatiza seu repúdio a qualquer movimento de natureza fascista”.