Marca de enxoval fatura R$ 250 milhões e planeja loja em São Paulo

·1 minuto de leitura
Foto: Getty Images.
Foto: Getty Images.
  • A marca do fundador e CEO Gustavo Ferro planeja alcançar a receita de R$ 350 milhões em 2022;

  • Em 2020, a empresa faturou R$ 250 milhões, cerca de 25% a mais que em 2019;

  • O empresário afirma que investiu R$ 5 milhões na criação da nova loja.

A Grão de Gente, marca de enxoval e quarto para bebês, terá sua primeira loja física, e será em Santos, município de São Paulo. Em 2020, a empresa faturou R$ 250 milhões, valor quase 25% maior do que em 2019. Agora, a marca criada por Gustavo Ferro, que também é CEO, está a caminho de abrir uma megastore de 600 metros quadrados.

Leia também:

O empreendedor afirma ter investido R$ 5 milhões para criar a loja, a ser realizada em alguma rua de Santos. Gustavo planeja, para 2022, a expansão do formato, com outra unidade de 1.000 metros quadrados em São Paulo e mais três ou quatro por outras capitais do país.

Saindo do mundo digital para o físico, a nova unidade da Grão de Gente buscará, acima de tudo, a sensação de experiência. O layout do local planeja mesclar vitrines físicas com telões, e procura apostar em uma cenografia lúdica e típica de ser fotografável para o Instagram.

O CEO da marca espera que as operações físicas contribuam com os ganhos da empresa, de forma a aumentar cerca de 50% em 2022. Projeta-se que a Grão de Gente alcance uma receita de R$ 350 milhões no ano que vem.

As informações são do Pequenas Empresas & Grandes Negócios.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos