Marca que vende crepes em formato de órgãos sexuais chega a Ipanema

RIO — Com uma proposta curiosa, a creperia La Putaria escolheu Ipanema para abrir sua segunda loja no Brasil. A empresária Juliana Lopes e seu namorado austríaco Robert Kramer não faziam ideia do sucesso que seus polêmicos crepes em formato de órgãos sexuais alcançariam.

Depois de formar filas de clientes em Lisboa, Portugal, onde mora, Juliana resolveu trazer a marca para o Brasil e inaugurou sua primeira loja em Belo Horizonte, sua cidade natal. Inaugurada em janeiro deste ano, a loja enfrentou algumas polêmicas on-line, principalmente por causa do nome.

— Quem não conhece a marca começa a julgá-la sem sequer saber o que nós vendemos. Quando as pessoas conhecem o nosso ambiente, percebem que não vendemos produtos com conotação sexual. A loja tem como objetivo ser divertida e fazer rir — conta Juliana.

De acordo com ela, a polêmica foi uma exclusividade brasileira, mas ficou restrita aos comentários on-line, que cessaram após a inauguração da loja mineira. São mais de 92 mil seguidores no Instagram, e, embora um ou outro internauta tenha voltado a criticar o formato dos crepes desde o anúncio da abertura da nova loja no Rio, a maioria lota os comentários pedindo uma unidade em suas cidades. Mas a escolha da vez foi o Rio.

— Quando a gente fala do Brasil lá fora, a primeira coisa em que eles pensam é no Rio de Janeiro. E quando nós viemos para Ipanema, no réveillon, gostamos muito do bairro e achamos que combinava com a marca — explica.

A empresária, que costuma fazer suspense em seus lançamentos, pretendia divulgar o local da loja apenas no dia da inauguração (que ela não revelou), e ficou surpresa ao ver que o endereço já circulava nas redes sociais.

A obra na Rua Visconde de Pirajá 260 chamou a atenção dos vizinhos, e a notícia correu rapidamente, deixando os cariocas que seguem a marca ansiosos para experimentar os polêmicos crepes.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos