Marcas de luxo apostam em shows virtuais para enfrentar pandemia

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
Anthony Vaccarello, da Yves Saint Lauren. (Foto AP/Francois Mori)
Anthony Vaccarello, da Yves Saint Lauren. (Foto AP/Francois Mori)
  • Marcas de luxo têm apostado em desfiles paralelos às semanas de moda.

  • Saint Laurent apostou no formato de desfile virtual, em sua última apresentação.

  • Gucci e Balenciaga também seguem pelo mesmo caminho.

Algumas das maiores marcas de moda – e de luxo – do mundo têm buscado reinventar suas plataformas de lançamento, para enfrentar as consequências da pandemia do novo coronavírus, que obrigou a interrupção de aglomerações como forma de conter o espalhamento do vírus.

Leia também:

Os antigos shows de passarelas lotados têm dado espaço para apresentações realizadas de forma virtual, onde os estilistas demonstram sua capacidade criativa, e novos modelos para a temporada, com segurança para os participantes.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

As informações são de reportagem da agência de notícias AFP.

Um exemplo foi a recente apresentação da coleção outono-inverno do estilista belga Anthony Vaccarello, da Saint Laurent.

Para garantir o impacto, foram recrutadas algumas das modelos e artistas mais requisitadas do momento, entre elas Hailey Bieber, Anja Rubik, Charlotte Gainsbourg e Zoë Kravitz.

Entre as marcas que seguiram os caminhos da Saint Laurent estão ainda a Gucci, uma das maiores do mundo, e a Balenciaga.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube