Marcelo Falcão tem prisão domiciliar decretada por dívida de R$ 80 mil

·2 min de leitura
Marcelo Falcão está nos Estados Unidos (foto: Globo/Divulgação)
Marcelo Falcão está nos Estados Unidos (foto: Globo/Divulgação)

Resumo da Notícia:

  • Marcelo deve cerca de R$ 80 mil de pensão à filha, Agatha, de 22 anos 

  • Falcão está em turnê nos Estados Unidos e não comentou sobre o fato

  • "O cantor nunca se negou a pagar pensão alimentícia", diz o advogado do artista 

O cantor Marcelo Falcão, ex-vocalista da banda O Rappa, teve a prisão domiciliar decretada nesta semana em um processo de não pagamento de pensão alimentícia, segundo informou a colunista Fábia Oliveira, do “Em Off”.

A decisão judicial foi deferida na última segunda-feira (8) e o mandado de prisão expedido nesta quinta-feira (11). O cantor está em turnê nos Estados Unidos e se apresenta nesta sexta-feira (12) em São Francisco, na Califórnia. Falcão pode ser conduzido à detenção em casa ao desembarcar no país caso o mandato seja inserido no sistema de imigração.

Leia também

A ação foi movida por Agatha Cristal Silveira, de 22 anos, que é filha de Marcelo. Ela alega que ele não tem pago a pensão estipulada pela justiça e o montante já ultrapassa o valor de R$ 80 mil. A jovem foi reconhecida após teste positivo de DNA em 2016.

O processo corre em segredo de justiça, por se tratar da vara de família, mas o advogado do cantor, José Estevam, falou sobre o caso com a colunista. “Marcelo Falcão vem cumprindo com sua obrigação exatamente como foi determinado pela justiça na ação revisional dos alimentos provisórios”, começou.

“O cantor nunca se negou a pagar pensão alimentícia, mas segue combatendo os fundamentos que deram causa à ordem, uma vez que partiu de premissa equivocada, sendo estabelecida de modo contrário ao que determina o STJ, e não se vincula à quantia que é paga mensalmente à sua filha a título de alimentos provisórios. Informa ainda que o manejo de recursos ao Tribunal de Justiça foi necessário para equilibrar as decisões. Por fim, o cantor lamenta que um processo em segredo de justiça seja utilizado com o único fim de tentar prejudicar sua carreira”, completa o advogado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos