Marcha para Jesus reúne famílias, 'Coringa reaça' e pedidos por melhoria da crise

SÃO PAULO, SP, BRASIL, 09-07-2022 - MARCHA PARA JESUS - Após três anos, a Marcha para Jesus 2022 volta no formato tradicional. (Foto: Ronny Santos/Folhapress)
SÃO PAULO, SP, BRASIL, 09-07-2022 - MARCHA PARA JESUS - Após três anos, a Marcha para Jesus 2022 volta no formato tradicional. (Foto: Ronny Santos/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Em meio a multidão de pessoas que se reuniram neste sábado (9) em São Paulo, na Marcha para Jesus, um homem se destacava. Era o comerciante Renato do Nascimento, 43, que estava fantasiado de "Coringa reaça ou Coringa do bem".

"É um personagem que eu uso já há algum tempo em diversos protestos por um Brasil livre. É para mostrar que até o Coringa pode ficar do bem", afirmou. Nascimento disse que se converteu há 13 anos, após chegar ao fundo do poço por causa da dependência em álcool e drogas. "Fui internado numa clínica e conheci a palavra de Deus. De lá para cá, a minha vida mudou", disse.

Histórias como a dele não são incomuns entre os participantes da Marcha, a exemplo dos amigos Matheus Trindade, 25, e Lucas Lima, 30, que saíram de madrugada de Taquaritinga, no interior de São Paulo, para participar do evento. Os dois disseram que, após um passado de muitas festas e bebidas, encontraram a paz na religião. "Estamos limpos para a Glória de Deus", disse Lucas.

Há também quem foi para o evento para dançar e cantar em louvor a Jesus. E outros que foram pedir pela melhoria econômica do país. "Pela situação que nós estamos passando só Jesus na causa", disse o aposentado Abel Antonio da Silva, 76.

Para a operadora de máquinas Joice Kauana Ribeiro Honório, 24, a Marcha mostra a força do universo cristão e que "ainda existem pessoas que vão lutar por Jesus".

O evento reuniu ainda muitas famílias e até pessoas de outros países como o pastor Ivo Komando, de Ambazônia, república separatista do Camarões, que usou seu traje festivo para participar da celebração.

Komando foi um dos participantes da Marcha para Jesus 2022 retratados em ensaio feito pela Folha neste sábado (9).

"Eu vim de Coringa reaça, o Coringa do bem. É um personagem que eu uso já há algum tempo em diversos protestos por um Brasil livre. É para mostrar que até o Coringa pode ficar do bem"

Renato do Nascimento, 43 comerciante

"Acho importante esses eventos para mostrar não só para o Brasil, mas para o mundo, que o universo cristão tem o seu poder. A presença de Bolsonaro aqui só prova que a gente vai votar na pessoa certa"

Joice Kauana Ribeiro Honório, 24 operadora de máquina

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos