Marcio França diz que é opção de um centro diferente de Covas

GUSTAVO FIORATTI
·1 minuto de leitura
SÃO PAULO, SP,  15.11.2020 - ELEIÇÕES-2020-SP - O candidato do PSB à Prefeitura de São Paulo, Marcio França, vota na E.E. Professora Ludovina Credidio Peixoto, no bairro Itaim Bibi, acompanhado de sua esposa e do seu vice, Antonio Neto, neste domingo (15). (Foto: Bruno Santos/Folhapress)
SÃO PAULO, SP, 15.11.2020 - ELEIÇÕES-2020-SP - O candidato do PSB à Prefeitura de São Paulo, Marcio França, vota na E.E. Professora Ludovina Credidio Peixoto, no bairro Itaim Bibi, acompanhado de sua esposa e do seu vice, Antonio Neto, neste domingo (15). (Foto: Bruno Santos/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Márcio França votou às 10h30 da manhã deste domingo (15), na Escola Estadual Profª. Ludovina Credidio Peixoto, no Itaim Bibi (zona sul).

Depois da votação ele se definiu como um candidato de um centro alternativo ao de Covas, do PSDB, que lidera pesquisas de intenções de votos.

"Eu tenho muita expectativa de ficar à frente da eleição para poder viver de fato um segundo turno competitivo. Nas ultimas eleições havia uma coisa de votar em 'outsider', gente de fora, a salvação. Nesse eleição as pessoas estão votando em quem tem mais experiência. A gente criou um segundo centro, que eu tenho chamado de centro do bom senso."