Márcio França será candidato ao Senado em chapa de Haddad em SP

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Márcio França (PSB) deve desistir de disputar o governo de São Paulo e apoiar a candidatura de Fernando Haddad (PT), candidato de Lula e Alckmin. (Foto: Divulgação/Governo de São Paulo)
Márcio França (PSB) deve desistir de disputar o governo de São Paulo e apoiar a candidatura de Fernando Haddad (PT), candidato de Lula e Alckmin. (Foto: Divulgação/Governo de São Paulo)

Resumo da Notícia

  • Márcio França deverá ser candidato ao Senado na chapa de Fernando Haddad

  • Anúncio deve ser feito no sábado, em evento com Lula em Diadema

  • França quer tentar costurar acordo com Gilberto Kassab

Márcio França (PSB) vai oficializar a desistência de concorrer ao governo do estado de São Paulo para tentar uma vaga no Senado Federal. Segundo a Folha de S. Paulo, França já sinalizou a aliados que está decidido e integrará a chapa de Fernando Haddad (PT).

O anúncio deve acontecer no próximo sábado, em um evento com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em Diadema.

França afirmou a aliados que tomou a decisão porque Haddad está melhor nas pesquisas, critério defendido por ele mesmo para decidir quem seria o melhor candidato ao governo paulista.

Segundo a Folha, a única condição imposta por Márcio França é que ele deseja ser o único candidato ao cargo na coligação entre os partidos.

Agora, o ex-governador vai conversar com Gilberto Kassab, presidente do PSD, para tentar convencê-lo de ser suplente no Senado. Kassab negociava o mesmo cargo com o apresentador José Luiz Datena, que seria candidato a senador na chapa de Tarcísio de Freitas (Republicanos), mas desistiu da corrida eleitoral.

Datafolha em São Paulo

A pesquisa Datafolha para o governo de São Paulo divulgada no dia 30 de junho, pelo jornal Folha de S. Paulo, mostra que o pré-candidato do PT, Fernando Haddad, lidera a disputa com 28% das intenções de voto.

Márcio França (PSB) aparece em segundo na corrida, com 16%. O ex-ministro da Infraestrutura e aliado do presidente Jair Bolsonaro (PL), Tarcísio Freitas (Republicanos), tem 12%, e o atual governador Rodrigo Garcia (PSDB), 10% —os dois estão em empate técnico.

O levantamento foi realizado entre terça (28) e hoje, e entrevistou 1.806 eleitores. Com uma margem de erro de dois pontos percentuais, a pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número SP-02523/2022.

Qual a data das Eleições 2022?

O primeiro turno das eleições será realizado no dia 2 de outubro, um domingo. Já o segundo turno – caso necessário – será disputado no dia 30 de outubro, também um domingo.

Veja a ordem de escolha na urna eletrônica nas Eleições 2022

  1. Deputado federal (quatro dígitos)

  2. Deputado estadual (cinco dígitos)

  3. Senador (três dígitos)

  4. Governador (dois dígitos)

  5. Presidente da República (dois dígitos)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos