Marcus Menna, ex-LS Jack, lança canção em dueto com Paula Fernandes, inspirada em conselho de Marlene Mattos

·2 minuto de leitura

“Tudo em excesso faz mal, até amor”, disse a diretora Marlene Mattos, certa vez, a Marcus Menna. Foi nesse conselho que o cantor e compositor se inspirou para escrever “Amor em excesso”, em parceria com Zé Henrique, Sergio Knust e Marcelão. A canção, que é lançada nesta sexta-feira (28) nas plataformas digitais, é o segundo single da carreira solo do ex-vocalista da LS Jack — a estreia foi em parceria com a dupla Marcos & Belutti. Desta vez, ele convidou outro grande nome da música sertaneja.

Leia também:

— Escolhi Paula Fernandes para esse feat por algumas razões… Em primeiro lugar, sua canção “Beijo bom” foi a trilha sonora do meu primeiro beijo com minha amada Renata… Sempre fomos fãs e admiradores do belíssimo trabalho dela. E Paula é uma cantora com pegada pop, a convidei já com a certeza de que daria supercerto — detalha Marcus Menna, contando que cada um fez seu registro em estúdios e cidades distintas, por conta da pandemia: — Gravamos a base e a minha voz aqui no Estúdio Bazuca, no Rio, enquanto ela gravou sua voz em São Paulo, onde reside. Assim fizemos também com o clipe: eu em Angra dos Reis e ela, em sua fazenda (em Minas Gerais). Ela é extremamente profissional e, sobretudo, um doce de pessoa!

Sondada pelo produtor de Menna, Zé Henrique, Paula diz que topou “de cara” a proposta quando ouviu a música.

— Fiquei muito feliz por ter sido escolhida por ele para esse retorno (à carreira musical). A canção tem a ver com a determinação de Marcus Menna, é emocionante e inspiradora. Achei a letra forte, com mensagem que retrata a realidade de muitos, e a melodia é muito especial também — opina a cantora mineira, que ainda não conhece o parceiro pessoalmente: — Estou ansiosa por este encontro!

Leia também:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos