Margem consignável dos servidores do município do Rio será atualizada no fim de novembro

·1 min de leitura

A nova margem consignável dos servidores municipais do Rio, de 55%, será calculada já a partir da folha de pagamento deste mês. De acordo com diretrizes divulgadas nesta terça-feira (9), a partir do dia 26, após a consolidação da folha de pagamento de novembro, instituições financeiras e outras entidades consignatárias (a favor das quais é feito o desconto) poderão visualizar e processar a margem consignável disponível para cada servidor, com os valores atualizados. A resolução é da Secretaria Municipal de Fazenda e Planejamento.

Na última sexta-feira (5), o prefeito Eduardo Paes sancionou a lei que ampliou o percentual do salário bruto que pode ser comprometido com descontos facultativos diversos, de 40% para 55%. Se o servidor tiver prestações de financiamento de imóvel consignadas ou descontos em folha determinados por decisão judicial, a margem poderá ser elevada em 30%, chegando a 85% da remuneração mensal.

Segundo a prefeitura, o aumento do limite visa facilitar o acesso ao crédito neste momento de pandemia.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos