Sem notar, Mari Gonzalez deixa Martinho da Vila constrangido em cobertura de Carnaval

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Mari Gonzalez entrevistou Martinho da Vila no Desfile das Campeãs
Mari Gonzalez entrevistou Martinho da Vila no Desfile das Campeãs

Mari Gonzalez foi a influenciadora digital escolhida pelo canal Multishow para cobrir o Desfile das Campeãs do Carnaval do Rio, na Sapucaí. A ex-BBB, no entanto, repercutiu na web após cometer uma gafe com Martinho da Vila. Ao entrevistar o cantor, ela errou o nome da escola em que ele foi homenageado e demorou para se corrigir.

Na ocasião, Mari questionou o que Martinho achava da homenagem que havia recebido da Portela. O problema é que a agremiação que homenageou o músico foi a Vila Isabel.

Constrangido, Martinho tentou disfarçar a situação com um sorriso no rosto, mas sem entender muito bem a pergunta da repórter. Até que, aparentemente, alguém a corrigiu no ponto. "Na Portela não, na Vila. Perdão, Martinho. É que a Portela está passando", justificou ela. O cantor, então, apenas deu risada e contornou: "A Vila é madrinha da Portela", disse.

Essa, no entanto, não foi a única gafe de Mari. Em outro momento, ela insistiu em entrevistar Emerson Dias, intérprete do Salgueiro, exatamente no momento em que ele estava entoando o samba enredo na Sapucaí. "Tudo bem? Tudo bem? Tudo bem? Emerson, você pode falar comigo", questionou ela. Ele, então, não parou a música e apenas respondeu para a ex-BBB: "Canta! Canta!".

Situação similar aconteceu com Neguinho da Beija Flor. A influenciadora tentou acompanhá-lo no samba enredo, ainda que não soubesse a letra. "Mari, não foi dessa vez, minha amada", disse Milton Cunha, que comandava a transmissão no estúdio Globeleza.

Caos

O tom caótico da cobertura do Multishow não se limitou a performance de Mari Gonzalez. No estúdio, a influenciadora digital Laura Vicente também cometeu deslizes durante a transmissão. Em determinado momento, ela questionou se o carro abre-alas "vem sempre na frente das escolas".

Depois o ex-carnavalesco Milton Cunha ainda chamou a atenção de Laura quando ela citou o termo "escravos". "Os escravizados! Amada, hoje em dia não se fala mais escravo", corrigiu ele, visivelmente sem paciência.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos