Maria Lina nega que Whindersson ajude em carreira de influenciadora: "Faço tudo sozinha"

·2 minuto de leitura
Maria Lina Deggan nega ajuda de Whindersson Nunes para virar influenciadora. Fotos: reprodução/Instagram/marialdgg
Maria Lina Deggan nega ajuda de Whindersson Nunes para virar influenciadora. Fotos: reprodução/Instagram/marialdgg

Resumo da notícia

  • Maria Lina Deggan rebateu rumores sobre relação com Whindersson Nunes após término

  • Estudante negou que ex-noivo a ajude a virar influenciadora digital

  • Ela também explicou que vai morar na casa alugada pelos dois até o fim do contrato

Ex-noiva de Whindersson Nunes, Maria Lina Deggan usou as redes sociais para um desabafo e negou que esteja contando com a ajuda do humorista para seguir carreira como influenciadora digital. Neste sábado (21), a estudante também rebateu alguns rumores de que estaria morando em uma casa comprada pelo youtuber. Ela explicou que continua na residência que havia sido alugada pelos dois em janeiro, até o fim do contrato de um ano.

"Quando a gente terminou, o Whindersson nunca gostou muito dessa casa... E eu falei para ele, já que ele já queria se mudar, que ele deixasse eu ficar aqui nessa casa até terminar o contrato (...). E a gente combinou assim, numa boa, super amigavelmente, ele topou na hora. Procurou outra casa para ele ficar e deixou essa casa comigo porque já tinha contrato e ele não gostava de morar aqui", contou a jovem, em vídeo publicado nos Stories do Instagram.

Leia também:

Nesse imóvel, Maria Lina disse que tem apenas a companhia do assessor e de uma funcionária e que recebe, às vezes, a visita da mãe. Ela reforçou, no entanto, que não tem suporte de uma equipe do ex-noivo, como sugeriam os boatos. 

"Whindersson é uma pessoa incrível, um cara admirável, uma pessoa muito boa. Mas ele não tem me ajudado nessa questão de ser influenciadora. Muito pelo contrário, estou fazendo tudo sozinha, com a cara e com a coragem, estou me esforçando, dando o meu melhor", afirmou. 

A estudante fez questão de declarar sua admiração por Whindersson, com quem teve João Miguel. O bebê, que nasceu prematuro em 29 de maio, morreu apenas dois dias após o parto.

"Ele é uma pessoa incrível, eu admiro muito ele, ele foi uma pessoa muito importante na minha vida, ele é pai do meu filho e vai ser para sempre pai do João. Eu só queria esclarecer para vocês para mais uma vez a mentira não ser predominante ao redor da minha vida e de como as pessoas me conhecem. Porque já foi divulgada tanta mentira sobre mim que eu acho que, de uma vez por todas, eu cansei. Por isso que eu resolvi me expor e falar sobre isso. Espero que entendam", concluiu ela, com a voz embargada.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos