Mariah Carey é processada em R$ 95 milhões por suposto plágio de música natalina

A cantora Mariah Carey está sendo processada em US$ 20 milhões (o equivalente a cerca de R$ 95,5 milhões) por suposta violação de direitos autorais com a canção "All I want for Christmas is you". A acusação acontece quase três décadas após o lançamento do maior hit natalino nos EUA.

Acusação por abandono: Irmão caçula de Rodrigo Mussi defende a mãe e diz que já tentou promover a reconciliação na família

Entenda: Millie Bobby Brown, a Eleven de 'Stranger Things', revela pacto de casamento com Noah Schnapp, o Will

A americana de 53 anos é citada numa ação movida pelo compositor Andy Stone alegando que Carey e seus colaboradores "consciente e intencionalmente se envolveram numa campanha para infringir os direitos autorais de Stone" pela música.

Stone afirma que escreveu uma música com o mesmo nome e não deu permissão para que o título fosse usado. As canções têm letras e melodias diferentes. Mas Stone, cuja banda Vince Vance & The Valiants gravou e lançou "All I want for Christmas is you" em 1989, acusa Mariah Carey de "explorar a popularidade e o estilo único" de sua música para lançar outra com o mesmo título.

Documentos judiciais revelados neste sábado (4) alegam que Carey e seu parceiro musical Walter Afanasieff cometeram "atos de enriquecimento sem causa pela apropriação não autorizada do trabalho do autor e da boa vontade a ele associada". A queixa afirma que os advogados de Stone entraram em contato com Mariah Carey em 2021, mas "ambas as partes não conseguiram chegar a nenhum acordo".

"Merry Christmas", que foi lançado por Mariah Carey em 1º de novembro de 1994, é o álbum de Natal mais vendido de todos os tempos, com mais de 15 milhões de cópias em todo o mundo. Faixa presente no disco, "All I want for Christmas is you" liderou as paradas em vários países e rendeu à cantora mais de US $ 60 milhões (o equivalente a mais de R$ 286 milhões).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos