Marido é preso após matar mulher, esquartejar corpo e enterrar no quintal de casa

Homem confessou ter esquartejado corpo de mulher depois de briga - Foto: O Globo/Reprodução
Homem confessou ter esquartejado corpo de mulher depois de briga - Foto: O Globo/Reprodução

José Carlos Martins Esperidião foi preso por policiais da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense após confessar ter matado a esposa, Claudia Gonçalves de Moura, por ciúmes.

De acordo com a Polícia, o corpo de Claudia foi encontrado esquartejado e enterrado no quintal da casa em que ela morava com o marido, em Fazenda Botafogo, nesta terça-feira. A vítima estava desaparecida desde o dia 4 de julho.

Na delegacia, o autor do crime contou para a polícia que descobriu uma traição da esposa, o que motivou uma discussão entre os dois. Segundo ele, Claudia Gonçalves de Moura teria o ameaçado com uma faca e os dois teriam entrado em luta corporal.

Nesse momento, de acordo com José Carlos, ele “acabou cortando o pescoço de Cláudia, se desesperou e decidiu esquartejar o corpo da mulher e enterrar no quintal da casa”.

A morte de Claudia é tratada como mais um caso de feminicídio no Rio, o segundo desta semana. Dados do Instituto de Segurança Pública indicam que 52 feminicídios foram registrados no estado de Janeiro à Maio e 128 tentativas de feminicídio.

Também entre janeiro e maio foram deferidas mais de 15 mil medidas protetivas pela Justiça para mulheres vítimas de violência.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos