Marido de Luiz Fernando Guimarães conta que filho que eles adotaram fez pergunta sobre ter dois pais: 'São lobisomens?'

Extra
·1 minuto de leitura

Como contamos aqui, Luiz Fernando Guimarães e o marido, Adriano Medeiros, estão em processo final de adoção. Juntos há mais de 20 anos, eles estão adotando um casal de crianças, já maiores, que estão passando por um período de adaptação no sítio do ator, em Itaguaí, na Região Metropolitana do Rio.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

A rotina do novos papais está cheia de novidades. Na última quarta-feira, Adriano compartilhou no stories uma pergunta feito pelo filho, sobre ter dois pais. "A melhor do ano! Eu tiro sarro porque chega a ser cômico: 'Pai, tio Adriano e tio Luiz são lobisomem, né?'. 'Por quê, filho?'. "Meu amigo disse que homem com homem vira lobisomem", diz o diálogo postado.

Leia também:

No início de setembro, a advogada deles, Silvana do Monte Moreira, havia confirmado ao EXTRA que o ator e o marido tinham dado entrada no processo de habilitação para adoção. Já em outubro, eles mostraram através de vídeos e fotos nas redes sociais que preparavam o sítio onde moram, em Itaguaí, na Região Metropolitana, do Rio, para a chegada das crianças.

Leia também: Flávio Bauraqui, ator de 'Falas negras' e 'Madame Satã', assume namoro com arquiteto na web

Em um vídeo divulgado em maio na campanha do Instituto Brasileiro do Direito de Família, Luiz Fernando e Adriano falaram da importância da adoção e afirmaram, na época, que tinham interesse em adotar. "Olha que coisa linda, adotar uma criança. Nós pretendemos, né?", diz Luiz Fernando na gravação. "Nós vamos adotar uma criança", completa o marido. "Ou duas, ou três, o tempo dirá. Vamos ver, conhecer, nos adaptar, nos envolver, e vice versa. E amar como pais, cuidar, proteger. É que nós queremos", finaliza o humorista.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube