Marieta Severo rebate Faustão e diz que Brasil não é o país da desesperança

ricky-hiraoka

No último domingo, Marieta Severo foi a grande estrela do Domingão do Faustão. Destaque como Fanny Richards, de Verdades Secretas, a atriz foi chamada para falar sobre o sucesso da novela, mas gerou burburinho nas redes sociais quando Faustão a questionou sobre a situação do Brasil, classificado por ele como “país da desesperança”. Marieta rebateu a definição pessimista. “Eu sou sempre otimista. Não acho que nós sejamos o país da desesperança”, comentou. “Acho que o país caminhou muito nos últimos anos numa coisa muito importante, que sempre norteou minha vida,  que se chama ‘inclusão social’, a chamada luta contra a desigualdade.” 

Sobre Verdades Secretas, Marieta declarou: “O nosso trabalho não é colocar a poeira para debaixo do tapete e, sim, levantar o tapete e apontar. Várias vezes, o  Walcyr Carrasco teve o cuidado de falar que não são todas as agências que fazem book rosa, mas que isso existe”, comentou. "A novela é um alerta para essas garotas que muitas vezes vêm do interior. Faz parte da nossa função apontar, mostrar, denunciar, mas sempre com cuidado de dizer que trata-se de uma profissão digníssima. Verdades Secretas coloca o dedo na ferida”