Marina Moschen vive personagem mística e defende beleza natural: "Mostro o que sou"

Marina Moschen cutiu show de Ludmilla no Rock in Rio (Foto: Leo Franco/AgNews)
Marina Moschen cutiu show de Ludmilla no Rock in Rio (Foto: Leo Franco/AgNews)

Marina Moschen curtiu o último dia de Rock in Rio pertinho do palco. Com sua beleza natural e um look all black, a atriz, que nunca fez procedimentos estéticos invasivos, destacou-se entre as outras celebridades. Em entrevista ao Yahoo, Marina afirma que não julga quem faz cirurgias plásticas, mas prefere trabalhar sua autoestima.

"Claro que cada um faz o que quiser, né? No rosto, no corpo, não tô aqui pra julgar ninguém, nem tenho essa visão dessa forma, mas acho que independente da forma que a gente seja ou das nossas escolhas sobre as nossas formas, a gente tem que estar feliz com o que a gente é. Eu tenho muito cuidado, trabalho com expressão, com o físico, acho muito arriscado fazer algo que pode dar errado. Prefiro seguir meu natural e estar bem comigo. A autoestima é uma coisa que vai e volta"diz Marina Moschen

Aos 25 anos, Marina tem um público jovem nas redes sociais e sabe da responsabilidade que envolve cada publicação. "Só posto coisas que eu quero naquele momento de fato, o que não quero nem chego a pensar em postar. A gente tem uma responsabilidade. Eu fiz 'Malhação', então, tem um público jovem que me acompanha e me admira. Só mostro o que eu sou, não faço tipo para agradar ninguém", completa.

Discreta, a atriz evita ler o que afeta sua saúde mental e admite que prefere focar no trabalho quando dá entrevistas ou conversa com o público na internet. "Como algumas coisas são mal interpretadas, prefiro ficar um pouco mais reservada pra também ser verdadeira comigo, sabe? É um jogo duplo, a exposição e a sua vida pessoal. O que mais me interessa é a parte profissional dentro disso. Me vejo como uma atriz, quero contar histórias, fazer cenas, estudar personagens. O que vier disso pra mim tá lindo", justifica.

Jornalista cigana

Em janeiro, Marina Moschen começou a gravar a série "No Mundo da Luna", da HBO Max, na qual interpreta uma jornalista cigana. Segundo ela, a personagem deixa a família para tentar a vida na cidade grande e faz de tudo para conseguir furos bombásticos.

"Como no currículo dela tem que ela é cigana, ela acaba pegando um trabalho de horóscopo cigano, o que ela tem pavor, ela não gosta, mas começa a dar muito certo porque é uma série que também tem essa parte mística. As cartas começam a falar com ela e ela começa a acertar tudo. Ela se dá bem como jornalista, que é o desejo dela, por outro caminho, que é resgatando as suas origens", adianta.

Seguindo os passos da personagem, Marina conta que fez seu mapa astral e ficou familiarizada com o tema. "Eu acredito, mas acredito quando é positivo, quando é negativo falo que não sei se quero ouvir (risos). Estou brincando, acredito muito! Faço mapa astral, sou libriana, tenho ascendente em escorpião. Mas não sou a pessoa que fica vendo horóscopo semanal, não sou tão empenhada nesse sentido. Uso mais como autoconhecimento", afirma.

Com a missão de interpretar uma jornalista no seriado, Marina Moschen também avalia o fato de estar "do outro lado". Agora, ela não dá entrevistas, ela conduz os papos. Sobre sua relação com a imprensa, a atriz exalta o lado positivo, mas faz ressalvas.

"A gente fica chateada quando alguma coisa sai diferente do que a gente falou, mas acho que isso é porque gera uma proporção e as pessoas estão nos conhecendo através disso. Você quer que as pessoas te conheçam da forma que você é e não como você não é. Como qualquer profissão, existem pessoas verdadeiras com aquilo e pessoas que não são. No geral, admiro muito a profissão", diz ela.