Marina Silva declara apoio a Lula após sequência de mágoas e divergências

SÃO PAULO, SP, 12.09.2022 - ELEIÇÕES-LULA: A ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva (Rede) se reúne com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), para oficializar seu apoio à candidatura do petista à Presidência da República, em entrevista coletiva na capital paulista, nesta segunda-feira. (Foto: Danilo Verpa/Folhapress)
SÃO PAULO, SP, 12.09.2022 - ELEIÇÕES-LULA: A ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva (Rede) se reúne com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), para oficializar seu apoio à candidatura do petista à Presidência da República, em entrevista coletiva na capital paulista, nesta segunda-feira. (Foto: Danilo Verpa/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva (Rede) oficializou o seu apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na disputa à Presidência nesta segunda-feira (12).

"Manifesto meu apoio de forma independente a Lula", afirmou Marina à imprensa. Ela e o ex-presidente concederam entrevista na manhã desta segunda em São Paulo.

Os dois já haviam se reencontrado no domingo (11) para discutir propostas para o meio ambiente.

Marina foi ministra do Meio Ambiente de 2003 a 2008, no governo Lula. Ela deixou o PT, partido ao qual foi filiada durante 30 anos, em 2009, após divergências.

A ex-ministra tinha mágoas do PT em razão do pleito de 2014, quando se candidatou à Presidência e foi fortemente atacada pela campanha de Dilma Rousseff (PT). À época, ela chegou a afirmar que nunca pensou que o PT tentaria destruí-la.

Marina já havia declarado seu apoio à candidatura de Fernando Haddad (PT) ao Governo de São Paulo e vinha sendo cortejada por Lula. Ela chegou a ser convidada pelo ex-prefeito para ser sua vice na chapa, mas declinou do convite.

Candidata a deputada federal pela Rede em São Paulo, Marina é considerada pela legenda como potencial puxadora de votos.

No domingo, o petista postou uma fotografia com Marina em suas redes afirmando que eles conversaram por duas horas e que ela apresentou "propostas para um Brasil mais sustentável".

"Hoje, a meu convite, depois de muitos anos, reencontrei com @MarinaSilva. Relembramos da nossa história, desde quando nos conhecemos. Conversamos por duas horas e ela me apresentou propostas para um Brasil mais sustentável, mais justo e que volte a proteger o meio ambiente", escreveu Lula no domingo.