Contra Marine Le Pen, socialista Benoît Hamon pede votos para Macron

Paris, 23 abr (EFE).- O socialista Benoît Hamon pediu neste domingo votos para o candidato social liberal Emmanuel Macron no segundo turno das eleições presidenciais francesas, em 7 de maio, para conter a candidata da extrema direita Marine Le Pen.

Em declaração na sede da campanha em Paris, Hamon, representante do governante Partido Socialista (PS), reconheceu seu "fracasso" ao receber de 6% a 7% de votos e solicitou apoios para Macron, ex-ministro da Economia dissidente do PS, embora "não pertença à esquerda".

"Eu separo entre um adversário político (Macron) e uma inimiga da República (Marine). O momento é sério", afirmou.

Durante sua rápida aparição, ele lembrou que o eleitorado francês infringiu "uma punição histórica" ao Partido Socialista.

Figuras importantes do partido conservador Os Republicanos (centro-direita), ao qual pertence o candidato François Fillon, também pediram mostraram apoio a Macron, entre eles Christian Estrosi, François Baroin e Laurent Wauquiez. EFE