Maringá terá a primeira montadora nacional de carros elétricos

·2 min de leitura
  • Fábrica deverá abrir em abril de 2022, mas um exemplar do que será produzido já pode ser visto no Paço Municipal

  • Projeto faz parte dos investimentos no setor industrial e tecnológicos da cidade

  • Estima-se que até 2035 até 62% da frota de veículos será elétrica

Considerados o futuro da automobilística, os carros elétricos vêm ganhando mais espaço ao redor do mundo, embora o mercado ainda esteja engatinhando aqui pelo Brasil.

No entanto, o país está dando um grande passo no avanço à transformação de sua frota em elétrica. A primeira montadora nacional de carros elétricos será aberta na cidade de Maringá, no Paraná.

As informações foram dadas pelo secretário de Inovação, Aceleração Econômica, Turismo e Comunicação, Marcos Cordiolli em entrevista à CBN Maringá.

A partir desta quarta-feira (24), é possível visitar o Paço Municipal da cidade e conferir um dos modelos que serão produzidos na fábrica.

"Nesta sexta-feira vamos ter a apresentação de uma empresa que vai ser a primeira montadora de carros 100% elétricos fabricados no Brasil vem aqui para Maringá. Amanhã (24) um protótipo desse automóvel vai estar em exposição na prefeitura", disse o secretário em entrevista a Luciana Peña.

Leia também:

Investimento no setor industrial

Segundo Cordiolli, a montadora se instalará na cidade em abril de 2022, como parte do processo de industrialização da cidade, que também é focado nas áreas de saúde e tecnologia digital.

“O que posiciona Maringá com uma economia forte é o agronegócio, sendo a nona cidade exportadora do Brasil e a 11ª importadora. Mas o setor de tecnologia digital vem se firmando como o segundo eixo importante da nossa economia", afirmou Cordiolli.

"Nós entendemos que com o lançamento do Parque Tecnológico de Maringá, esse setor está muito associado a serviços, e nós pretendemos evoluir mais rapidamente também com a implantação de indústrias de alta tecnologia", finalizou.

O futuro é elétrico

Estima-se que em 2030, o setor de elétricos possa representar de 12% a 30% das vendas de automóveis, podendo chegar a até 62% em 2025.

Prevendo a mudança nas decisões dos consumidores, diversas marcas já estão realizando lançamentos na área. Por aqui já vimos lançamentos desde compactos como Renault Zoe, Mini Cooper Se, Fiat 500e, até as SUVs, como o JAC e-JS4 e a Volkswagen ID.4 GTX.

Sem falar também dos modelos híbridos, como o Mercedes-Benz C300E, o Kia Stonic e o novo Corolla Cross.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos