Marinha Mercante: 263 vagas estão abertas para formação de oficiais

A Marinha abriu as inscrições para o Processo Seletivo de Admissão às Escolas de Formação de Oficiais da Marinha Mercante (Efomm). Estão disponíveis 263 vagas, sendo 144 para o Centro de Instrução Almirante Graça Aranha (Ciaga), no Rio de Janeiro, e 119 para o Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar (Ciaba), em Belém. Os interessados podem se manifestar até o dia 15 deste mês aqui e devem pagar uma taxa de R$ 65.

Podem se candidatar: brasileiros de ambos os sexos, com idade mínima de 17 anos e máxima de 23 em 1º de janeiro de 2023; com altura mínima de 1,54m e máxima de 2m; que tenha ensino médio completo; sem filhos ou dependentes e sem que seja casado ou tenha união estável. O processo seletivo terá quatro fases: exame de conhecimentos, seleção psicofísica, teste de suficiência física, período de adaptação e verificação de documentos.

Na primeira fase, serão dois dias de aplicação de provas: em 20 e 21 de agosto. As avaliações serão de Português, Redação, Inglês, Matemática e Física. Os candidatos que optarem por realizar o exame de conhecimentos em cidades localizadas nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste concorrerão, única e exclusivamente, às vagas para o Ciaga. Já aqueles que optarem por realizar o exame de conhecimentos em cidades localizadas nas regiões Norte e Nordeste concorrerão, única e exclusivamente, às vagas para o Ciaba.

Os cursos de formação, realizados em regime de internato, a partir de 30 de janeiro do ano que vem, são para oficial de máquinas da Marinha Mercante e oficial de náutica da Marinha Mercante. Ainda durante o período de aulas, os alunos já terão alimentação, alojamento, assistências médica, odontolófica, psicolófica, remuneração mensal, e mais benefícios.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos