Mario Frias veste camiseta 'radicais da cultura' em ato pró-Bolsonaro em SP

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
***ARQUIVO*** BRASILIA, DF,  BRASIL,  10-11-2020, 16h00: O secretário de Cultura, Mário Frias. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
***ARQUIVO*** BRASILIA, DF, BRASIL, 10-11-2020, 16h00: O secretário de Cultura, Mário Frias. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRES) - Representantes da Secretaria da Cultura do governo federal estão em São Paulo para participar da manifestação a favor do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nesta terça (7).

O titular da pasta, Mario Frias, compartilhou vídeo nas redes sociais em que aparece caminhando na avenida Paulista, local em que vai ocorrer o ato. Ele está acompanhado do subsecretário de Fomento e Incentivo à Cultura e ex-PM, André Porciúncula, e do subsecretário de Direitos Autorais, Felipe Carmona.

Os três vestem uma camiseta amarela com a frase, na cor verde, "radicais da cultura".

O vereador baiano Alexandre Aleluia (DEM) também aparece no vídeo ao lado do grupo de Frias. O ato está previsto para ocorrer a partir das 14h na avenida Paulista, cartão postal da cidade de São Paulo.

"Radicalizando. Tá lindo demais, vou mostrar para vocês do lado de lá. Cara, é um mar de gente", diz Frias, que também veste uma bandeira do Brasil amarrada nas costas.

"Ainda falta bastante para começar, mas o povo já está na rua mostrando nosso coração verde e amarelo. A Paulista hoje é verde amarela. A nossa bandeira jamais será vermelha", segue ele.

"Se você tá em casa ai de bobeira, vem celebrar", continua Frias. Ainda no vídeo, o ator aparece posando para fotos com pessoas que o abordam.

"Vamos botar 3 milhões de pessoas aqui", diz o secretário.

Porciúncula já estava na capital paulista. Na segunda (6), ele postou fotos visitando a Cinemateca Brasileira e o Museu da Polícia Militar de São Paulo.

Como a reportagem noticiou, Frias e Porciúncula estão estudando concorrer a deputado em 2022. O presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, também avalia disputar as eleições no ano que vem.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos