Astro alemão Mario Gomez critica Kimmich por não tomar vacina contra a COVID-19

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Bayern Munichs German midfielder Joshua Kimmich attends a training session on November 1, 2021 at the training ground in Munich, southern Germany, on the eve of the UEFA Champions League group E football match between Bayern Munich (GER) v Benfica Lisbon (POR). (Photo by Tobias Schwarz / AFP) (Photo by TOBIAS SCHWARZ/AFP via Getty Images)
Joshua Kimmich em treinamento pelo Bayern de Munique. Foto: (Tobias Schwarz / AFP)

O volante do Bayern de Munique e da seleção da Alemanha Joshua Kimmich foi alvo de críticas do ex-atacante e ídolo alemão Mario Gomez. A razão é a posição de Kimmich em relação à vacina contra a COVID-19. 

Gomez afirmou que os estádios estão cheios novamente porque as pessoas foram vacinadas e os próprios jogadores que são contrários à vacinação se beneficiam disso. O ex-atacante foi firme ao dizer, também, que "se todos agissem como eles (jogadores contrários) agora, provavelmente teríamos mais um ano sem espectador".

Leia também:

Segundo Kimmich, não há estudos suficientes sobre os efeitos ao longo prazo das vacinas. O camisa 6 da equipe bávara, porém, foi rapidamente respondido por Steffen Seibert, porta-voz do governo alemão, que disse haver respostas claras e convincentes de autoridades sanitárias sobre a segurança dos imunizantes.

Ao lado de seu companheiro de Bayern de Munique, Leon Goretzka, Joshua Kimmich liderou um movimento que arrecadou milhões de euros na Alemanha para ajudar os mais afetados pela pandemia. 

O jogador de 26 anos é um dos capitães do Bayern de Munique por sua liderança dentro e fora de campo. Kimmich diz, ainda, considerar o caso e "ser bem possível" que ele acabe realizando o processo de imunização.

Atualmente, a Alemanha conta com 55,6 milhões de pessoas completamente vacinadas, o equivalente a 66,8% da população do país.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos