Mark Zuckerberg está 'obcecado' com o metaverso, dizem funcionários do Facebook

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Mark Zuckerberg estaria 'obcecado' com o metaverso, segundo funcionários e ex-funcionários do Facebook. Foto: Samantha Burkardt/Getty Images.
Mark Zuckerberg estaria 'obcecado' com o metaverso, segundo funcionários e ex-funcionários do Facebook. Foto: Samantha Burkardt/Getty Images.
  • Segundo funcionários do Facebook, Mark Zuckerberg está "obcecado" com o metaverso;

  • De acordo com um funcionário, a postura "está fomentando a desorganização e a ansiedade" na empresa;

  • Segundo um porta-voz, a companhia está “passando por um período de definição”.

Funcionários e ex-funcionários do Facebook, plataforma subsidiária do conglomerado de tecnologia e mídia social Meta, alegam que Mark Zuckerberg, cofundador e CEO da companhia, está “obcecado” com o metaverso.

Segundo um ex-empregado do nível de diretoria, que saiu recentemente da empresa, é “a única coisa sobre a qual Mark quer falar”.

Aparentemente, a companhia está mandando mensagens constantes sobre o tema para seus funcionários, assim como criando equipes específicas para abordar o metaverso.

Leia também:

Inclusive, um desses grupos teria a missão de informar a todos os outros setores internos sobre a existência de um “manual do metaverso”.

De acordo com um funcionário, essa postura “está fomentando a desorganização e a ansiedade”. Ele também disse que “as pessoas realmente não sabem o que entregar ou no que trabalhar porque ainda não há uma estratégia coerente”.

Um porta-voz da companhia afirmou que a companhia está “passando por um período de definição”, e que por isso estão “indo com tudo”. “Muitas pessoas estão animadas, mas elas têm muitas perguntas ao mesmo tempo”, disse o representante.

Em outubro do ano passado, o Facebook mudou o nome para Meta, alegando ter se tornado “uma empresa de tecnologia social”.

Mesmo tendo perdido US$ 10 bilhões em seu segmento do metaverso, o Reality Labs, em 2021, Zuckerberg disse que continuaria gastando o mesmo valor em 2022, e que possivelmente por muito anos, já que o metaverso é um projeto de longo prazo.

*As informações são da Business Insider.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos