Marquinhos comenta primeiro jogo com bola que será usada na Copa: 'É bem leve'

A seleção brasileira disputou a primeira partida com a bola oficial da Copa do Mundo do Catar. A experiência inaugural com a Al Rihla foi apimentada pela chuva que caiu em Tóquio e pela defesa do Japão, bem fechada na vitória do Brasil por 1 a 0.

O zagueiro Marquinhos comentou a primeira impressão da bola.

- Ela é leve, bem leve. Víamos os chutes com muita velocidade, o campo aqui estava bem rápido, foi o que ajudou a ter esse jogo bem rápido - explicou o jogador do Paris Saint-Germain: - Vimos triangulações, chutes de fora da área, a bola é bem rápida. O melhor é já jogando com ela, para nos acostumarmos. Não imagino que teremos dificuldades para se adaptar.

Ao lado de Eder Militão na defesa da seleção - o jogador do Real Madrid foi titular no lugar de Thiago Silva -, Marquinhos viu o Brasil enfrentar dificuldades para furar a retranca do Japão. Lucas Paquetá, titular nesta segunda-feira, afirmou que o cenário já era esperado.

- Foi um jogo difícil, sabíamos que a equipe do Japão viria bem fechada. Tivemos paciência para buscar o gol, as chances foram criadas. Conseguimos marcar com o pênalti batido pelo Ney. Comecei jogando na frente, depois fiquei mais atrás, estou sempre disposto a ajudar meus companheiros.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos