"Marte Um" é um dos filmes mais bem avaliados de 2022, segundo Letterboxd

Retrospectiva divulgada nesta sexta-feira (6) revelou as obras mais populares na plataforma

"Marte Um" é dirigido por Gabriel Martins ("No Coração do Mundo"). (Foto: Divulgação/Filme de Plástico)
"Marte Um" é dirigido por Gabriel Martins ("No Coração do Mundo"). (Foto: Divulgação/Filme de Plástico)

O site Letterboxd, rede social em que usuários compartilham suas opiniões sobre filmes, liberou nesta sexta-feira (6) sua retrospectiva anual e o brasileiro "Marte Um" apareceu entre os filmes mais bem avaliados na plataforma em 2022. O longa pode ter ficado fora da corrida pelo Oscar 2023, mas desbancou diversas produções favoritas ao prêmio e ocupou a quarta posição no ranking.

Com direção de Gabriel Martins ("No Coração do Mundo"), "Marte Um" acompanha a vida de quatro membros de uma família pobre, que vive na periferia de Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, nos últimos meses de 2018. O período sucedeu as eleições presidenciais.

Deivid (Cícero Lucas) sonha em ser astrofísico para participar de uma missão colonizadora de Marte, que acontecerá em 2023. A história mostra a perseverança do menino e como a família enfrenta as dificuldades criadas pelo cenário sociopolítico brasileiro.

O ranking de filmes mais bem avaliados do Letterboxd foi liderado por "Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo", estrelado por Michelle Yeoh. A lista segue com "Kadaisi Vivasayi" e "Marcel the Shell with Shoes On".

Depois de "Marte Um", vem "Aftersun" na quinta posição, "Burning Days" em sexto e "Argentina, 1985" na sétima colocação. Já "RRR: Revolta, Rebelião, Revolução" ocupa o oitavo lugar e a animação "Gato de Botas 2: O Último Pedido" ficou em nono. "Os Banshees de Inisherin" encerra a lista.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

"Marte Um" não foi a única produção audiovisual que destacou na plataforma em 2022. "Racionais: Das Ruas de São Paulo Pro Mundo", dirigido por Juliana Vicente, aparece em segundo lugar na lista dos documentários mais bem avaliados do ano na plataforma.