Marvel revela que super-herói de "Guardiões da Galáxia" é bissexual

Rafael Monteiro
·3 minuto de leitura
Chris Pratt como Peter Quill em "Guardiões da Galáxia" (reprodução)
Chris Pratt como Peter Quill em "Guardiões da Galáxia" (reprodução)

A Marvel revelou bissexualidade do protagonista de "Guardiões da Galáxia", Peter Quill, conhecido também por Senhor das Estrelas. O personagem interpretado nos cinemas por Chris Pratt se envolve com um casal na mais recente edição da HQ da franquia.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

As informações são do site Screen Rant. De acordo com a publicação, em “Guardians of the Galaxy #9”, história assinada pelo roteirista Al Ewing e ilustrada por Juan Cabal, o personagem acaba se envolvendo com um homem e uma mulher ao mesmo tempo numa realidade alternativa chamada Morinus.

Leia também

Longe de casa, ele acaba conhecendo o casal Aradia e Mors e, mesmo mantendo relacionamento com Gamora (personagem de Zoe Saldana nos cinemas), acaba se apaixonado pelos dois. "Vocês são a minha casa", diz ele na passagem acima ao seus companheiros de "trisal".

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

A notícia foi recebida com ironia nas redes sociais, já que Pratt é acusado de participar de uma igreja que segrega a comunidade LGBT. No ano passado, o ator chegou a discutir publicamente com Elliot Page por causa disso.

“Se você é um ator famoso e pertence a uma organização que odeia um determinado grupo de pessoas, não se surpreenda se alguém lhe perguntar sobre isso", disse o ator transgênero em sua conta no Twitter, respondendo a um tuíte sobre o ator.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

"Ser anti-LGBTQ é errado, não há dois lados. O dano causado é grave", complementou ele, provocando uma resposta de Pratt nas redes. ”Recentemente foi sugerido que eu pertenço a uma igreja que ‘odeia um certo grupo de pessoas’ que é ‘infamemente anti-LGBTQ’", escreveu.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

"Nada poderia ser mais distante da verdade. Eu vou a uma igreja que abre suas portas para absolutamente todos. Minha fé é importante para mim, mas nenhuma igreja me define ou define a minha vida, e eu não sou porta-voz de nenhuma igreja ou grupo de pessoas", complementou.

Ainda não se sabe se a sexualidade do Senhor das Estrelas será abordada no terceiro filme de "Guardiões da Galáxia", que ainda não tem previsão de lançamento nos cinemas. A expectativa que é o longa seja o último com o atual elenco, que inclui nomes como Dave Bautista, Vin Diesel e Sean Gunn.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube