Máscara não é mais obrigatória em voos e aeroportos, decide Anvisa

Mulher usa máscara de proteção em aeroporto (Foto: Getty Images)
Mulher usa máscara de proteção em aeroporto (Foto: Getty Images)

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) decidiu nesta quarta-feira (17), em reunião pública ordinária da Diretoria Colegiada, que o uso de máscaras de proteção não é mais obrigatório em aeroportos e aviões no Brasil.

De acordo com informações da CNN Brasil, a votação contou com a participação dos diretores Alex Machado Campos, Daniel Pereira, Rômison Rodrigues Mota, Meiruze Sousa Freitas e o diretor-presidente Antonio Barra Torres.

Para o relator do processo, diretor Alex Machado Campos, a decisão da agência reguladora considera além de critérios técnicos, o cenário epidemiológico da covid-19 no país e no mundo.

Ainda segundo registro da CNN Brasil, a diretora da Anvisa Daniela Marreco informou que a pandemia apresenta comportamento sazonal com tendência de queda nos indicadores.

As medidas entram em vigor imediatamente após a publicação no DOU (Diário Oficial da União).

O que continua em vigor:

  • Desembarque das aeronaves de forma ordenada por fileiras para evitar aglomerações

  • Oferta de álcool em gel em aeroportos e aeronaves

  • Procedimentos de limpeza e desinfecção dos aviões

  • Sistemas de climatização

  • Avisos sonoros para recomendar o uso de máscara por populações vulneráveis ao coronavírus, como imunossuprimidos, crianças e idosos