Mascote do Mundial de Atletismo tem cabeça roubada nos EUA

O gigante e carismático mascote Legend, the Bigfoot, do Campeonato Mundial de Atletismo, que é realizado na cidade de Eugene, no estado do Oregon (EUA), era notícia com sua animação junto ao público, e até mesmo com os atletas. Mas nesta última terça-feira, ele passou a ser caso de polícia. A organização do campeonato descobriu que a cabeça pertencente ao mascote havia sido roubada.

O mascote, uma criatura amarela, peluda e mítica, batizada de pé grande, por conta da lenda do folclore local, esteve presente durante todo o evento, entretendo as multidões nas pistas e nas ruas com seus movimentos de dança e acrobacias, e até interagindo com os atletas. Veja o vídeo do mascote dançando ao lado do brasileiro campeão mundial dos 400m, Alison dos Santos, o Piu:

A alegria teve um susto na última terça-feira, quando o mascote teve de usar sua cabeça substituta, já que a original foi roubada. Mais tarde, vários vídeos e fotografias surgiram nas redes sociais de pessoas brincando enquanto utilizam a cabeça amarela e original de Legend. Nesta quarta, uma porta-voz da organização do Campeonato Mundial, anunciou que a polícia recuperou a cabeça original.

De acordo com informações apuradas pelo jornal britânico Daily Telegraph, o culpado foi identificado por câmeras de segurança, e seria um fotógrafo credenciado do evento, que de acordo com a organização, foi posteriormente descredenciado, e não poderá trabalhar mais no evento. A organização acrescentou que "isso agora é um caso de polícia e nao teremos mais comentários neste momento".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos