Duelo tático entre Mourinho e Simeone marca clássico madrilenho

Roberto Morales.

Madri, 29 nov (EFE).- O estádio Santiago Bernabéu receberá neste sábado, pela 14ª rodada do Campeonato Espanhol, uma batalha tática entre dois técnicos que se admiram mutuamente, o português José Mourinho, do Real Madrid, e o argentino Diego Simeone, comandante do Atlético de Madrid.

Os dois utilizam o mesmo esquema, o 4-2-3-1, com o contra-ataque como marca do Real, e o equilíbrio como principal característica do Atlético.

O Real Madrid joga em um estilo letal, cedendo a posse de bola ao adversário em muitos momentos, para contra-atacar e fazer o gol aproveitando os espaços dados a seus melhores jogadores, que possuem extrema qualidade individual.

Mourinho tem jogadores de diversos estilos na parte ofensiva de seu time. No meio-campo, Xabi Alonso se destaca por seus lançamentos, Luka Modric e Mesut Özil se destacam na armação e Ángel Di María é a opção de velocidade.

Todos abastecem o astro português Cristiano Ronaldo, que muito marcado em algumas das vezes, abre espaço para seus companheiros.

Na defesa, a equipe possui uma das melhores duplas de zaga do mundo, formada por Pepe e Sérgio Ramos, e conta com Álvaro Arbeloa na lateral-direita e Fábio Coentrão, que atua no lugar de Marcelo, lesionado, na esquerda.

Já o Atlético de Madrid apostará na forte marcação para surpreender o Real Madrid, e quebrar o jejum de 12 anos sem uma vitória no Santiago Bernabéu (a última foi na temporada 1999/2000, por 3 a 1).

O sistema de Simeone aposta em um time compacto, com todas as linhas muito próximas, e que ataca em bloco quando tem a bola.

O técnico 'Colchonero' apostará na marcação de Juanfran em Di María e do lateral esquerdo brasileiro Filipe Luis, que terá a difícil missão de acompanhar os passos de Cristiano Ronaldo, enquanto Miranda e Diego Godín dividirão a marcação sobre Benzema.

Diego Simeone também reforçará a marcação no meio-campo do Atlético, onde Mario Suárez e Gabi ficarão responsáveis por dar o bote nos armadores do Real Madrid.

Já no setor ofensivo, Simeone apostará no excelente momento de Falcao García, artilheiro e principal responsável pelo ótimo início de campanha do Atlético.

Falcao, que tem 11 gols na competição e se destaca também por sua mobilidade, forma dupla de ataque com o rápido atacante brasileiro Diego Costa, e ambos são abastecidos pelos habilidosos Arda Turan e Koke.

A necessidade de vitória é do Real Madrid, que está a oito pontos do Atlético de Madrid e a 11 do líder Barcelona. O time de Simeone faz até o momento a melhor campanha de sua história, com 11 vitórias, um empate e uma derrota em 13 jogos. EFE

Carregando...

Siga o Yahoo Notícias