Massacre no Texas: Matthew McConaughey vai a Casa Branca e defende controle de armas

O ator Matthew McConaughey foi a Casa Branca nesta terça-feira discursar a favor de uma legislação que permita um maior controle no acesso a armas de fogo nos Estados Unidos. A fala de McConaughey acontece semanas após o massacre em uma escola na cidade de Uvalde, onde o ator nasceu. No ano passado, o ator chegou a anunciar que iria disputar o cargo de governador do Texas, mas acabou desistindo da disputa.

Ataque no Texas: Professora fechou porta de escola, mas tranca não funcionou

Palco de massacre em escola: Texas tem algumas das leis de armas menos restritivas dos EUA

Sandy Hook, Columbine e Santa Fé: Relembre ataques a tiros em escolas dos EUA

— Precisamos de verificações de antecedentes criminais, precisamos aumentar a idade mínima para comprar um rifle AR-15 para 21 anos, precisamos de um período de espera para esses rifles, precisamos de leis de bandeira vermelha e consequências para aqueles que abusam delas — disse o ator, que afirmou ainda não ser "antiarmas".

O ator foi a Casa Branca se encontrar com o presidente Joe Biden. Após o encontro, McConaughey foi na sala de imprensa e disse ter passado os últimos dias em contato com os pais das 19 crianças mortas. Ele estava acompanhado de sua mulher, a modelo brasileira Camila Alves.

O ator aproveitou o momento para falar sobre algumas das crianças mortas no massacre e chegou a exibir desenhos feitos por elas em sala de aula.

— Você sabe o que cada um desses pais queria, o que eles nos pediram? O que cada pai expressava separadamente à sua maneira para Camila e para mim? Que eles querem que os sonhos de seus filhos continuem vivos. Que eles querem que os sonhos de seus filhos continuem, que realizem algo depois que eles se forem — disse o ator.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos