Mastodon bate 1 milhão de usuários ativos

Centenas de milhares de usuários saíram do Twitter e se registraram no Mastodon (Jakub Porzycki/NurPhoto via Getty Images)
Centenas de milhares de usuários saíram do Twitter e se registraram no Mastodon (Jakub Porzycki/NurPhoto via Getty Images)
  • Rede se tornou refúgio para usuários que saíram do Twitter;

  • Mastodon é uma plataforma de microblogging;

  • Maiores crescimentos da rede se deu graças à reações negativas à Elon Musk.

O Mastodon, rede social de microblogging similar ao Twitter, atingiu a marca de 1 milhão de usuários ativos neste fim de semana. A última vez que o Mastodon recebeu tantos usuários foi em abril, mês em que Musk anunciou sua compra do Twitter.

Na sexta-feira, o fundador do Mastodon, o alemão Eugen Rochko, já havia divulgado que a rede havia recebido 200 mil novos participantes, atingindo os 600 mil usuários diários ativos. Agora, nesta segunda-feira (07) um novo comunicado veio, afirmando que a rede bateu a marca de 1 milhão.

As mudanças já estabelecidas por Musk no Twitter tem sido alvos de muitas críticas por parte dos usuários. Alguns, ao invés de tentarem debater o CEO na plataforma, estão escolhendo abandonar o barco. Ainda assim, a diferença de usuários das duas redes é enorme. Enquanto o Mastodon tem um total de 5 milhões de usuários registrados, o Twitter teve 238 milhões de usuários ativos em outubro.

O Mastodon é similar ao Twitter, permitindo ao usuário realizar postagens curtas e interagir entre si da mesma forma. No entanto, a rede é baseada em diferentes servidores, ao invés de uma grande plataforma.

Isto dá aos usuários a possibilidade de criar suas próprias comunidades a partir de interesses mútuos, além de garantir a descentralização da operação do Mastodon. Ou seja, é muito difícil que um erro, como o que aconteceu com o Facebook, derrube toda a plataforma completamente.

Para os novos usuários, o Mastodon pode parecer um tanto complicado. Confira aqui um pequeno guia sobre como se cadastrar e começar a utilizar a rede social.