Matemática criativa de Crivella para explicar rejeição repercute nas redes. Entenda

Fernanda Alves
·1 minuto de leitura
Foto: Brenno Carvalho / Agência O Globo
Foto: Brenno Carvalho / Agência O Globo

Viralizou nas redes sociais a tentativa mal-sucedida do prefeito do Rio e candidato à reeleição Marcelo Crivella (Republicamos) de querer explicar sua rejeição entre os eleitores cariocas.

O 'cálculo criativo' do prefeito, sobre uma possível rejeição por 70% da população da cidade, apontada por institutos de pesquisa, foi apresentada durante uma entrevista sobre o tema.

Crivella rebateu os dados e disse que esse valor é 'matematicamente impossível".

‘Quando você coloca os 4,8 milhões de eleitores do Rio de Janeiro, de cada 10 deles, dois e meio não veem às urnas, um e meio vota nulo e meio vota em branco. Historicamente. Portando, 45%, quatro eleitores e meio. Quem vota são 5,5. Quando você pesquisa rejeição de 5,5, de 55%, você diz ‘o sujeito tem uma rejeição de 70% ou 60%’. Agora, se você considerar que são 100%, você vai ver que de 100%, esse 75% vai cair para 20 poucos por cento. São números. As pesquisas usam esses números de maneira errada. Não existe rejeição de 70%, isso é impossível, não tem como’, disse.

Após a declaração, internautas fizeram piada sobre a fala. Confira os posts: