Matheus Pichonelli: Ao chamar o povo às ruas, Bolsonaro pode virar o novo Collor

O colunista político do Yahoo Notícias analisa o "contragolpe" anunciado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e convoca bolsonaristas para uma manifestação em 7 de Setembro.

O objetivo do ato seria mostrar que tanto Bolsonaro quanto as Forças Armadas têm apoio suficiente para uma possível ruptura institucional.

A convocação, no entanto, não parece ser novidade.

Há quase 30 anos, o então presidente Fernando Collor de Mello enfrentava uma situação semelhante à de Bolsonaro: popularidade em queda e uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) no encalço.

A solução? Chamar o povo às ruas.

Em 1992, o tiro saiu pela culatra. O povo compareceu, mas não de verde e amarelo como pediu Collor, e sim vestidos de preto.

Bolsonaro repete agora a estratégia arriscada.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos