Maurílio conheceu esposa na adolescência e viveu 'amor de filme', diz amiga

·3 min de leitura

O cantor Maurílio, de 28 anos, morto na última quarta-feira, dia 29, viveu um amor de cinema ao lado da esposa, Luana Ramos. Pelo menos, é assim que os amigos definem a relação que começou ainda na adolescência, quando os dois deram o primeiro beijo aos 16 anos.

"Sabe aquele amor que a gente só vê em filme? Aquele amor que começa na infância e que amadurece ao longo dos anos? Vocês dois foram feitos um para o outro, tampa e panela. E que bom que vocês se encontraram", disse uma amiga do casal ao compartilhar uma foto de Maurílio e Luana juntos, e que foi repostada pela esposa do artista: "Vou te amar para sempre".

Nas redes sociais, o casal sempre demonstrou muito carinho. E cabia a Luana relembrar histórias divertidas de como esse amor surgiu. O primeiro beijo, por exemplo, foi dado no mesmo dia em que Maurílio completou 16 anos, no dia 15 de fevereiro. Mas a data oficial do namoro era comemorada em maio. Isso porque a relação, que era de amizade, foi mudando de forma, inicialmente, como uma brincadeira.

Maurílio e a mulher, Luana Ramos
Maurílio e a mulher, Luana Ramos

"Quem diria! O que começou como uma amizade, evoluiu pra um 'beijinho de brincadeira' e cá estamos nós, 10 anos depois, juntos. Se me contassem como estaríamos hoje no dia 22/05/2009, o que iríamos passar, não acreditaria! Como crescemos, vivemos e aprendemos. Graças a Deus com muitas histórias pra contar: boas, ruins, engraçadas, tristes. Que possamos lembrar sempre de todas, principalmente dos momentos de angústia, dor e sofrimento, lembrar que apesar de qualquer situação nós conseguimos passar por tudo juntos e ainda tirar sarro de toda a situação no dia seguinte", escreveu Luana, em 2019, quando completaram dez anos.

A médica veterinária, em um relato bem-humorado, destacou a insistência de Maurílio de fazer o encontro deles sempre acontecer.

"Mesmo separados, o danado do destino sempre te colocava na porta da minha casa de madrugada (risos). Ou fazia a gente se topar na rua, num velório, num aniversário...", disse Luana, que compartilhou fotos dos dois juntos dançando forró, curtindo uma micareta e outras festinhas.

Também do Maranhão, Luana acompanhou inicialmente a trajetória artística de Maurílio à distância, já que ainda estava concluindo os estudos da faculdade. Mas nem por isso deixou de se fazer presente. A ponte aérea Imperatriz e Goiânia se tornou frequente e os dois puderam viver juntos momentos marcantes, como a gravação do primeiro DVD de Luiza e Maurílio. E grandes shows, como o primeiro "Festeja", em que até "Parabéns pra você" teve no palco.

"Se o primeiro Festeja vocês não vão esquecer, imagina eu. Obrigada pelo susto", divertiu-se Luana, que compartilhou vídeo do momento.

Desde a internação de Maurílio, Luana utilizou as redes sociais para tranquilizar fãs e amigos e dar notícias sobre o caso. Promoveu correntes de oração ao lado da família e fez um desabafo quando o artista morreu.

"Descansa meu amor, descansa... Obrigada por TUDO, obrigada por TANTO".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos