Mbappé e Lewa são contra Copa a cada dois anos: "Precisamos descansar"

·2 min de leitura
This handout picture made available by the Dubai Globe Soccer Awards on December 27, 2021 shows (L to R) Polish footballer Robert Lewandowski posing for a photo with his awards
Atacantes participaram de premiação em Dubai e demonstraram ser contra a realização do Mundial a cada dois anos. Foto: (AFP PHOTO / HO / Dubai Globe Soccer Awards)

A proposta da FIFA de organizar uma Copa do Mundo a cada dois anos não foi muito bem recebida por todo o ambiente do futebol. Kylian Mbappé e Robert Lewandowski, por exemplo, expressaram preocupação com a falta de descanso que geraria para os jogadores caso o projeto da entidade fosse confirmado.

O atacante do Paris Saint-Germain e o centroavante do Bayern de Munique se encontraram na premiação Globe Soccer Awards, realizada em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, e se pronunciaram sobre a proposta de realização da competição com metade do intervalo atual. Mbappé disse que: "Já jogamos 60 jogos por ano. A Eurocopa, a Copa do Mundo, a Liga das Nações... Gostamos de jogar, mas é demais. Temos que ser capazes de nos recuperar, de fazer uma pausa. Se as pessoas querem qualidade, emoção, bons jogos, têm que respeitar a saúde dos jogadores. A Copa do Mundo é um evento especial porque acontece a cada quatro anos. Jogá-la a cada dois anos tornaria essa competição algo normal, o que não deveria ser".

Leia também:

Já o craque e ídolo polonês, que ficou chocado com a rescisão de Paulo Sousa com a Seleção da Polônia para treinar o Flamengo, argumentou que o calendário já está muito cheio sem uma Copa do Mundo a cada dois anos: "Temos muitos jogos durante o ano, com semanas muito densas. Se você quiser dar aos fãs algo diferente, você precisa de uma pausa".

Lewa ainda completou dizendo que a comunidade mundial do futebol deve olhar para o futuro e para o nível técnico das competições, não apenas para as questões financeiras e de marketing: "Temos que olhar para o futuro, se quisermos jogar uma Copa do Mundo a cada dois anos, o nível vai cair. É impossível que o corpo e a mente funcionem no mesmo nível".

A proposta de Gianni Infantino de encurtar o intervalo entre Copas do Mundo está em processo de consulta com entidades parceiras e seus dirigentes sobre o processo de antecipação do período. O mandatário da FIFA não definiu um prazo para a tomada de decisão.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos