Mbappé sobre comemoração argentina: "Não é problema meu"

Atacante francês falou aos jornalistas após a vitória do PSG contra o Strasbourg na quarta-feira (29)

Kylian Mbappé fez o gol da vitória do Paris Saint-Germain sobre o Strasbourg. Foto: Xavier Laine/Getty Images
Kylian Mbappé fez o gol da vitória do Paris Saint-Germain sobre o Strasbourg. Foto: Xavier Laine/Getty Images

Kylian Mbappé quebrou o silêncio em frente aos microfones após a vitória do PSG sobre o Strasbourg por 2 a 1, nesta quarta-feira (28).

O francês reconheceu que parabenizou Messi após a vitória na Copa do Mundo. "Conversei com ele depois do jogo, parabenizei-o porque foi a busca de sua vida para ele. Para mim também, mas falhei, então você sempre tem que ser um bom jogador. As comemorações não são problema meu. Não desperdiço energia com coisas tão triviais."

Leia também:

O craque francês mostrou estar focado no que está por vir. "O importante é dar o meu melhor pelo clube. Vamos esperar a volta do Léo para voltar a ganhar jogos e marcar gols", analisou.

Quando questionado sobre o fato de ter se reapresentado rapidamente ao Paris Saint- Germain, ele mostrou comprometimento com o clube. "Acho que nunca será digerido. Agora, como disse ao treinador e aos meus companheiros, não há razão para o meu clube pagar por uma falha na seleção. O PSG não é responsável pela nossa derrota. Tentei voltar com a melhor energia possível, sendo o mais positivo possível. A final foi um jogo louco, pressionamos porque sabia que sem nada poderíamos virar a situação. Isso é o que fizemos muito tarde no jogo", explicou.

Mbappé também analisou o que pensou quando teve que bater o pênalti no fim do jogo contra o Strasbourg e comparou com as batidas na Copa do Mundo. “São emoções diferentes, cenários diferentes. Perdemos a Copa do Mundo por outros motivos, aqui eu sabia que era um pênalti que nos daria a vitória, na Copa do Mundo, eu não sabia", finalizou.

Sem tempo para descanso, o atual líder do campeonato francês volta à campo no primeiro dia do ano. Ainda sem Messi, e com Neymar suspenso após ser expulso no primeiro jogo pós Copa do Mundo, o PSG encara o Lens fora de casa no domingo, às 16h45 (Brasília).