Mbappé sofre ameaça de morte de torcedores do PSG

·2 min de leitura
Torcida do PSG dá sinais de que não vai perdoar uma transferência de Mbappé. Foto: Emmanuele Ciancaglini/CPS Images/Getty Images
Torcida do PSG dá sinais de que não vai perdoar uma transferência de Mbappé. Foto: Emmanuele Ciancaglini/CPS Images/Getty Images

Um dos ídolos recentes do futebol francês, Mbappé não vive dias de amor com a torcida do Paris Saint-Germain. Envolvido em especulações sobre uma possível saída do time que tem Messi e Neymar, o atacante recebeu uma ameaça de morte nos últimos dias.

Segundo o jornal 'Le Parisien', a ameaça foi feita em um mural em sua homenagem em Bondy, cidade onde cresceu. Uma pichação de muito mau gosto dizia: "Mbappé, você está morto".

Leia também:

O mural feito pela Nike, marca que patrocina o jogador, foi feito quando Mbappé completou 21 anos. O desenho mostra o jogador ainda criança, dormindo com uma bola e outra imagem de Kylian com a camisa do time da capital francesa com a frase: "Ame seus sonhos e eles vão te amar de volta".

As pichações no local não são novidades, já que qualquer um que passa pelo local pode ver ameaças e insultos a Sylvine Thomassin, candidata a prefeita de Bondy, e que já havia recebido críticas por aparecer com Mbappé em atos públicos.

Essa não é a primeira situação polêmica envolvendo a permanência ou não de Mbappé no PSG. Recentemente uma menina recebeu insultos após pedir para o jogador ficar no time da cidade luz. O jogador inclusive se mostrou abalado com os ataques à garota.

O nome de Mbappé está ligado a uma possível transferência para o Real Madrid, clube que pretende investir pesado para ter o francês em seu plantel. Caso o jogador escolha jogar no time da capital espanhola, terá problema para voltar à Paris, já que a saída nem foi oficializada e a rejeição ao jogador só aumenta.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos